Educando Adolescentes

As crianças crescem, e entre 10 e 12 anos podemos evoluir a brincadeira do cofrinho para um banco de verdade!

Para isso é importante que você leve seu filho ao banco, para que ele participe do processo de abertura da conta, o que irá ensiná-lo como funciona um banco. Vamos começar apenas com uma conta de poupança, que não tem taxa bancária, para que o adolescente aprenda a acumular seu dinheiro e veja na prática o quanto ele rende no sistema real, quer dizer de verdade, no banco!

Neste período também é válido incentivá-lo a ler sobre finanças pessoais livros como:

– O Sovina e o Perdulário, do Raphael Cordeiro, CFP®, ed. Elsevier;
– Pai Rico, Pai Pobre, de Robert Kiyosaki e Sharon Lechte, ed. Campus;
– Independência Financeira, de Robert Kiyosaki e Sharon Lechte, ed. Campus;
– O Investidor Inteligente, de Benjamin Graham, Ed. Nova Fronteira;
– Casais Inteligentes enriquecem juntos, do Gustavo Cerbasi, Ed. Gente.

Esses livros irão ajudar a formar a base de pensamento para esses jovens moldarem suas próprias ideias sobre gestão financeira pessoal, para que no futuro eles saibam lidar bem com o próprio dinheiro e também como lidar com dinheiro em um relacionamento, procurando o(a) parceiro(a) ideal e sabendo respeitar as diferenças de seu par.

Vale também incentivá-los a jogar banco imobiliário, monopoly e cash-flow, o jogo desenvolvido pelo Robert Kiyosaki para ensinar as pessoas a gerenciar o seu fluxo de caixa.

É importante dar um objetivo para esta poupança, para ajudar o adolescente a enxergar o valor futuro que ele precisa acumular, pode ser a compra de uma moto ou carro quando ele fizer 18 anos, pode ser o pagamento do curso universitário, ou pode ser o custo de uma viagem bacana de descobrimento do exterior, tipo um mochilão na Europa, Ásia ou EUA, também por volta dos 18 anos. Isso dará a ele uma meta, e é mais fácil fazer a poupança quando se tem um objetivo a ser atingido. Portanto, o valor futuro que ele precisa acumular na caderneta de poupança será o valor do sonho que ele deseja realizar no futuro.

Sobre Lavínia Martins, CFP®

Fundadora da Fluxo Finanças Pessoais, é planejadora financeira certificada com a Certificação CFP® desde Fev/2010. É Diretora da Planejar, a Associação Brasileira de Planejadores Financeiros, e professora de Finanças Pessoais da B3 Educação e da Idea9, e desde 2014 participa dos eventos do networking internacional de educação financeira da OCDE-INFE. Participou do Conselho de Regulação e Melhores Práticas para a Atividade de Gestão de Patrimônio Financeiro da ANBIMA, e é ex-sócia da FinPlan Consultoria e Gestão Financeira. Possui 14 anos de experiência no mercado financeiro, atuando com planejamento financeiro pessoal e gestão patrimonial, e 3 anos em finanças corporativas de multinacionais como Louis Dreyfus Commodities e Rohm and Haas Química. Graduada em Administração de Empresas pela PUC-SP, possui pós-graduação em Finanças pelo IBMEC São Paulo/Insper, e especialização em Gestão de Patrimônio Familiar na Columbia Business School, em Nova York, EUA.
Galeria | Esse post foi publicado em 1. Planejamento Financeiro, 1.3. Investimentos, 4. Educação Infantil e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s