Por onde começar a fazer investimentos?

11333304_900917329970692_297817885_n

Recebi um questionamento sobre como começar a investir, de alguém que ainda não tem conhecimento nenhum sobre o mercado financeiro. Vejam algumas ideias sobre isso:

1. Comece estudando sobre finanças pessoais e o mercado financeiro, faça cursos e leia todos os livros que puder sobre o assunto,

2. Compreenda o que é uma Carteira de Investimentos e como montar uma,

3. A Carteira de Investimentos deve ser dividida por Classe de Ativos, que são os agrupamentos por tipos de produtos financeiros. Normalmente se diz: X% alocado em Renda Fixa, Y% em Fundos Multimercados, Z% em Fundos Imobiliários, W% em Renda Variável, K% em Investimentos Alternativos. Notem que a sequência é do menos arriscado para o mais arriscado.

4. Conheça as opções de Produtos Financeiros que compõe cada Classe de Ativos, como por exemplo, na Renda Fixa existe a Poupança, os Títulos do Tesouro, os CDBs, as Debêntures, as LCIs e LCAs, os Fundos DI e Fundos de Renda Fixa.

5. Conheça o seu perfil de risco de investidor, que é o quanto você conhece e tem tolerância para suportar as variações de preços dos diversos tipos de ativos financeiros. Esta etapa é muito importante para você saber escolher os produtos certos para compor a sua Carteira de Investimentos.

6. Pense no prazo em que você vai precisar do dinheiro que está guardando, para poder casar ele com o prazo do produto financeiro que você escolher.

7. Tenha em mente que não existe “o melhor produto financeiro”, você precisa investir regularmente em uma carteira diversificada de ativos para conseguir capturar uma parte do ganho do tipo de investimento que está indo melhor em um dado momento. Se você está fora do mercado, está perdendo oportunidades!

8. A diversificação de investimentos serve para proteger contra os riscos de mercado, e ajuda a ganhar sempre, ou a não perder muito quando o mercado cai. Tem um outro post sobre isso aqui blog.

9. Revise regularmente seus investimentos e faça ajustes sempre que necessário, levando em conta o período de maturação dos produtos (só resgate se você não vê mesmo perspectiva nenhuma de ganho).

10. Rebalanceie a sua carteira de investimentos 1 vez por ano. → Rebalancear é tirar dinheiro da classe de ativo que ganhou mais no período e colocar na classe de ativo que ganhou menos ou que teve maior perda. Essa disciplina é para realizar o ganho da classe de ativo com melhor desempenho, e a compra barata de produtos financeiros na classe de ativos que teve o pior desempenho. Estudos mostram que esta é a forma mais eficaz de fazer o seu dinheiro render mais e regularmente ao longo do tempo.

Sobre Lavínia Martins, CFP®

Fundadora da Fluxo Finanças Pessoais, é planejadora financeira certificada com a Certificação CFP® desde Fev/2010. É Diretora da Planejar, a Associação Brasileira de Planejadores Financeiros, e professora de Finanças Pessoais da B3 Educação e da Idea9, e desde 2014 participa dos eventos do networking internacional de educação financeira da OCDE-INFE. Participou do Conselho de Regulação e Melhores Práticas para a Atividade de Gestão de Patrimônio Financeiro da ANBIMA, e é ex-sócia da FinPlan Consultoria e Gestão Financeira. Possui 14 anos de experiência no mercado financeiro, atuando com planejamento financeiro pessoal e gestão patrimonial, e 3 anos em finanças corporativas de multinacionais como Louis Dreyfus Commodities e Rohm and Haas Química. Graduada em Administração de Empresas pela PUC-SP, possui pós-graduação em Finanças pelo IBMEC São Paulo/Insper, e especialização em Gestão de Patrimônio Familiar na Columbia Business School, em Nova York, EUA.
Galeria | Esse post foi publicado em 1. Planejamento Financeiro, 1.3. Investimentos e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Por onde começar a fazer investimentos?

  1. Deixo bem claro que não sou um especialista, mas uma pessoa muito curiosa sobre o assunto. Porém credito ser muito importante que a pessoa interessada em investir saiba o seguinte: Qual é a finalidade da meta a ser alcançada, qual é o tempo disponível para investir, qual é o seu perfil de investidor e a complexidade do investimento.

    Curtir

    • Sim Reginaldo, o processo é esse mesmo, estabelecer um objetivo, escolher um investimento que esteja de acordo com o prazo (tempo) em que você irá precisar do dinheiro para realizar o objetivo, escolher um produto financeiro que esteja de acordo com o seu perfil de risco de investidor e compreender o funcionamento do investimento antes de colocar o dinheiro no produto financeiro.
      Porém antes de escolher produtos financeiros, é necessário determinar o quanto do seu dinheiro você vai alocar em cada classe de ativo e em cada produto financeiro, para diversificar a carteira de investimentos e reduzir o risco. O processo de montar uma Carteira de Investimentos acontece antes de escolher produtos financeiros e faz parte do processo de Planejamento Financeiro. Abraço, Lavínia

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s