Como dividir o orçamento:

Muita gente sempre pergunta sobre qual seria a “divisão ideal” para o uso do orçamento doméstico, e aqui estão algumas ideias para serem usadas como um guia, e não como uma coisa obrigatória. Cada um deve fazer a divisão da sua própria pizza da maneira que achar mais conveniente para alcançar os próprios objetivos de vida.

Pizza 1:

12062993_703420576460666_1990838511_n

Se você ainda está em um momento de ajuste financeiro, está com problemas de dívidas, e está trabalhando para organizar a sua vida financeira, então considere usar esta primeira pizza de divisão de orçamento como um guia para começar a organizar as suas finanças pessoais.

Nela não coloquei a parte da doação, porque se você está altamente endividado, está é precisando de ajuda, e não disponível para ajudar aos outros, não é mesmo?

Neste caso o primeiro ajuste que precisa ser feito é começar a formar a própria reserva financeira, guardando sistematicamente 10% do dinheiro que você produz, e reduzindo as dívidas para no máximo 30% da sua renda, para que você viva com os 60% restantes.

Lembre-se de que toda dívida que você assume compromete a sua renda futura e reduz o seu poder de compra no futuro. Então se você já está endividado, você está pagando agora dívidas que assumiu no passado, e a única forma de estancar essa sangria no seu orçamento é parar de se endividar, deixando de assumir novas dívidas, assim você conseguirá reduzir o seu nível de endividamento e começará a construir o seu patrimônio.

Pizza 2:

11374418_1500201970273632_1785179226_n

Esta é a divisão de orçamento ideal apresentada no livro “O homem mais rico da Babilônia”. Foi a primeira vez que encontrei uma ideia de “divisão ideal” do orçamento em um livro, e achei bem interessante a forma como foi colocada:

1⃣ Poupar no mínimo 10% da renda para a construção do próprio patrimônio,
2⃣ Usar no máximo 20% da renda para o pagamento de dívidas assumidas no passado,
3⃣ Viver com 60% do dinheiro que se produz,
4⃣ Doar 10% do dinheiro produzido para os mais necessitados.

Percebam que ter dívidas não é um crime, elas fazem parte da nossa vida e muitas vezes são necessárias para a construção do patrimônio. Mas é muito importante construir a própria reserva financeira em paralelo com as dívidas, se não estaremos sempre dando nosso dinheiro para os outros e nunca guardando para nós mesmos. Em seguida é importante ajustar o padrão de vida ao tanto de dinheiro que temos disponível para sobreviver, para sermos capazes de cumprir com as nossas obrigações (dívidas) e objetivos (reserva financeira). E por fim, como previsto em TODAS as religiões, é importante também doar uma parte do quê produzimos para ajudar à quem precisa, pois é dando que se recebe.

Pizza 3:

12141928_1112896675402046_1176519074_n

Esta é a minha pizza ideal, aquela que eu tenho como um guia para a minha vida. Eu ainda não alcancei esta divisão no uso do meu próprio dinheiro, mas este é o meu objetivo, o meu sonho que estou trabalhando para concretizar. Já consegui reduzir bastante o meu nível de endividamento e estou no caminho para construir o meu próprio patrimônio.

😉💰💰💰

Sobre Lavínia Martins, CFP®

Planejadora Financeira, autora e palestrante sobre Finanças Pessoais, possui a Certificação CFP® desde 2010, é ex-sócia da FinPlan Consultoria e Gestão Financeira, possui 12 anos de experiência no mercado financeiro, atuando com planejamento financeiro pessoal e gestão patrimonial, e 3 anos em finanças corporativas de multinacionais como Louis Dreyfus Commodities e Rohm and Haas Química (hoje parte do grupo Dow Química). Especialista em Gestão de Patrimônio Familiar pela Columbia University, com pós-graduação em Finanças pelo IBMEC-São Paulo/Insper e graduação em Administração de Empresas pela PUC-SP.
Galeria | Esse post foi publicado em 1. Planejamento Financeiro e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Como dividir o orçamento:

  1. Quanto menos dívidas tivermos melhor será. Isso sem esquecer da reserva financeira que pode também pode ter algumas subdivisões para a realização de nossos sonhos. Vai da necessidade de cada um. E a parte mais importante está em conseguir viver sempre com pelo menos 60% de nossa renda.

    Curtir

  2. Priscila Pires disse:

    Ei Lavinia! Tudo bem?
    Só tenho um pedido pra vc: nunca pare de escrever este blog.
    Amando aprender por aqui!
    Abraços

    Curtir

  3. Anderson disse:

    Melhor blog de Financas Pessoais , que aborda tambem um pouco de Planejamento financeiro,comportamento etc

    Curtir

  4. Anderson disse:

    Melhor blog de financas pessoais. Muito completo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s