Incentivem adolescentes a aprender a ganhar dinheiro

12940742_792229857549102_591596790_n

A formação neurológica do cérebro humano tem o ápice no período da adolescência, quando o corpo tem o pico de produção de hormônios para promover as transformações do período.

A neurociências já comprovou que a testosterona é o hormônio que regula a propensão a tomar riscos, e por isso os adolescentes parecem tão inconsequentes e aptos a tomar riscos, porque essa é a época com a maior circulação de testosterona no corpo humano, inclusive das meninas.

Os adolescentes de 14 a 17 anos são os que mais percebem valor em ganhar dinheiro, por isso este é melhor período para incentivá-los a aprender a produzir e ganhar o próprio dinheiro. Incentivem pequenos trabalhos que tenham um retorno financeiro para que eles possam sentir prazer em produzir o próprio dinheiro, como lavar o carro, tomar conta de crianças pequenas, vender sucos, brigadeiro ou sanduíches na rua/praia/escola, dar aulas particulares de idioma ou informática para crianças pequenas, etc.

Jovens que aprendem a ganhar dinheiro na adolescência tem um desempenho melhor nesta área durante a vida adulta. E como produzir dinheiro é a parte mais importante da gestão das Finanças Pessoais, que tal aproveitar positivamente os hormônios em ebulição e ajudar os adolescentes a aprenderem a ganhar dinheiro e serem adultos melhores do que nós? 😉

💰💰💰💰

Sobre Lavínia Martins, CFP®

Fundadora da Fluxo Finanças Pessoais, é planejadora financeira certificada com a Certificação CFP® desde Fev/2010. É Diretora da Planejar, a Associação Brasileira de Planejadores Financeiros, e professora de Finanças Pessoais da B3 Educação e da Idea9, e desde 2014 participa dos eventos do networking internacional de educação financeira da OCDE-INFE. Participou do Conselho de Regulação e Melhores Práticas para a Atividade de Gestão de Patrimônio Financeiro da ANBIMA, e é ex-sócia da FinPlan Consultoria e Gestão Financeira. Possui 14 anos de experiência no mercado financeiro, atuando com planejamento financeiro pessoal e gestão patrimonial, e 3 anos em finanças corporativas de multinacionais como Louis Dreyfus Commodities e Rohm and Haas Química. Graduada em Administração de Empresas pela PUC-SP, possui pós-graduação em Finanças pelo IBMEC São Paulo/Insper, e especialização em Gestão de Patrimônio Familiar na Columbia Business School, em Nova York, EUA.
Galeria | Esse post foi publicado em 2. Finanças Comportamentais, 3. Educação Financeira, 4. Educação Infantil e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s