Licenças de trabalho para planejadores financeiros

Sempre recebo questionamentos sobre como funciona o trabalho de planejamento financeiro e sobre quais são as licenças de trabalho necessárias para atuar na área, então hoje vamos falar um pouco sobre isso.

O trabalho de planejamento financeiro consiste na organização das finanças pessoais e na determinação de estratégias para alcançar objetivos financeiros futuros. Quer dizer que entre outras coisas, o profissional pode preparar os relatórios de controle financeiro para o cliente (fluxo de caixa, balanço patrimonial, orçamento, simulações de poupança e aposentaria, simulações de sucessão etc), sendo a parte da alocação dos investimentos financeiros um pedaço deste trabalho, ou ser o seu objeto de trabalho, dependendo do que o profissional quer fazer. Planejamento financeiro é para ajudar uma pessoa a construir patrimônio, e alocação de investimentos é ajudar uma pessoa a guardar da melhor forma o patrimônio acumulado através do seu esforço de poupança, para que ele renda, no mínimo, o valor da inflação. O objetivo do aconselhamento de investimentos financeiros é ajudar uma pessoa a encontrar produtos financeiros que estejam de acordo com os seus objetivos de acumulação patrimonial e tolerância ao risco.

A Certificação CFP® prepara profissionais para exercerem a atividade de planejamento financeiro pessoal, atividade que pode ou não acontecer por meio de consultoria financeira, dependendo do modelo de negócios da empresa prestadora de serviços, e se o profissional trabalha de forma independente ou se ele está em uma instituição bancária ou gestora de patrimônio.

O planejamento financeiro cobre uma gama de conhecimentos que envolve a organização financeira pessoal de forma holística (Planejamento Financeiro, Seguros, Previdência, Investimentos, Tributação e Sucessão). Cada uma dessas áreas é coberta por uma legislação específica, portanto é importante conhecer a legislação que cobre o mercado bancário, o mercado de capitais, seguros, previdência pública e privada, e direito civil. Bem como, para cobrir a parte de sucessão patrimonial, também é importante saber um pouco sobre direito societário e imobiliário.

No âmbito do mercado de valores mobiliários, regulado pela CVM, o profissional precisa escolher a sua forma de atuação. A licença de Consultor de Valores Mobiliários permite à ele fazer aconselhamento sobre a alocação de recursos financeiros em valores mobiliários (ações, fundos de investimentos, debentures, títulos públicos, etc), bem como a forma de distribuição da carteira de investimentos entre as diversas classes de ativos financeiros (qual o porcentual da carteira de investimentos que deve ser investida em cada classe de ativo e em cada produto financeiro, respeitando o perfil de risco do cliente). A linceça de Agente Autônomo de Investimentos é para quem trabalha com a distribuição de produtos financeiros, quer dizer, o profissional que faz o esforço de venda de valores mobiliários em nome de uma corretora de valores ou gestora de fundos. Já a licença de Gestor de Recursos é para quem trabalha com a administração de carteiras de valores mobiliários, que acontece na gestão de fundos de investimentos ou na administração de carteiras de investimentos e tem poder discricionário, quer dizer que este profissional escolhe os produtos financeiros e determina o porcentual de alocação em nome do cliente. São arranjos de trabalho e prestações de serviços diferentes, e a forma de cobrança pelo serviço também é regulada pela CVM e está disposta na norma de cada licença.

O profissional é quem deve pensar em qual é o modelo de negócios com o qual ele quer trabalhar e quais são os serviços que ele vai oferecer aos seus clientes, e em função disso escolher qual a licença de trabalho que ele irá solicitar na CVM.

Sobre Lavínia Martins, CFP®

Planejadora Financeira, autora e palestrante sobre Finanças Pessoais, possui a Certificação CFP® desde 2010, é ex-sócia da FinPlan Consultoria e Gestão Financeira, possui 12 anos de experiência no mercado financeiro, atuando com planejamento financeiro pessoal e gestão patrimonial, e 3 anos em finanças corporativas de multinacionais como Louis Dreyfus Commodities e Rohm and Haas Química (hoje parte do grupo Dow Química). Especialista em Gestão de Patrimônio Familiar pela Columbia University, com pós-graduação em Finanças pelo IBMEC-São Paulo/Insper e graduação em Administração de Empresas pela PUC-SP.
Galeria | Esse post foi publicado em 1. Planejamento Financeiro, 1.3. Investimentos, 2. Empreendedorismo, 5. Certificação CFP®, Outras Coisas ;-) e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s